segunda-feira, 24 junho 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Barra Mansa estima mil famílias desalojadas e 400 desabrigadas

20/05/2019 12:28:00

A prefeitura de Barra Mansa continua trabalhando intensamente nesta segunda-feira para amenizar os estragos provocados pelas chuvas que atingiram a cidade no último sábado. Até o momento, a estimativa é de que existam mil famílias desalojadas e 400 famílias desabrigadas. O prefeito Rodrigo Drable está percorrendo as áreas atingidas, enquanto a vice, Fátima Lima, participou de reunião com as equipes da Secretaria estadual de Assistência Social, partindo em seguida para Vila Natal, onde ocorreram deslizamentos de encostas.

O prefeito avaliou que serão necessários dez dias para a limpeza de toda a cidade. “O governador [Wilson Witzel] nos acenou com a construção de 400 residências destinadas a famílias que moram em áreas de risco. Essa obra é grande importância para resolver parte da necessidade habitacional de Barra Mansa”, destacou.

Equipes da Defesa Civil prosseguem com a realização de vistorias nos imóveis das áreas mais afetadas, verificando a necessidade de interdição ou não. O nível dos rios Barra Mansa, Paraíba do Sul, Bocaina e Bananal, de acordo com a Defesa Civil, está próximo do normal.

Hoje, são aguardados equipamentos e maquinários do Inea (Instituto Estadual do Ambiente) para a realização da limpeza dos rios e outras intervenções. A Defesa Civil orienta os moradores cujas residências apresentem rachaduras ou outros problemas para que entrem em contato pelos telefones 199 ou 3028-9370, com a finalidade de realizar vistoria e análise de risco. As chamadas de urgência também devem ser feitas para os mesmos números.

A Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância em Saúde Ambiental, está realizando a distribuição de cloro nas comunidades de São Luis, parte da Boa Sorte, Colônia Santo Antônio, Bocaininha, Santa Maria II e Siderlândia. Todos os postos de saúde estão atualizando a vacinação antitetânica e orientando as pessoas que tiveram contato com as águas das chuvas sobre a leptospirose, doença provocada pela urina de rato.

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, acompanhada de técnicos da secretaria estadual, está atuando nesta segunda-feira em três frentes nos bairros Nova Esperança, Siderlândia e Vila Natal. As equipes estão distribuindo alimentos e água nos pontos elencados para atendimento às vítimas das chuvas com almoço e jantar, como por exemplo, as igrejas. Também estão sendo distribuídos materiais de limpeza.

A Secretaria de Assistência Social do estado enviou para Barra Mansa ainda no domingo, 55 colchões, 45 kits com cobertor, lençol, fronha e travesseiro. Foram montados pontos de coleta de doações no Cesp, próximo à Matriz de São Sebastião, no Centro, e em igrejas, como na Vila Maria e Siderlândia.

O Saae está com 90% de seu efetivo trabalhando nos bairros Nova Esperança, Roselândia, São Luis, Siderlândia e Colônia com a realização de serviços de limpeza e raspagem de terra. A perspectiva é de que a lavagem dessas localidades seja concluída ainda nesta segunda-feira. Quinze caminhões e quatro retroescavadeiras estão sendo utilizadas na operação. 

Paralelamente, estão sendo efetuadas a desobstrução de bueiros e coleta de volumosos. A coleta de lixo está normal, mesmo nas áreas atingidas.

Também na operação de limpeza, a Secretaria de Manutenção Urbana está com equipes e máquinas nos bairros Nova esperança, São Luis, Boa Sorte, Santa Maria II, São Judas Tadeu e Santa Clara.

Já a Secretaria de Desenvolvimento Rural trabalha na retirada de barreira na estrada de acesso a Cafarnaum, Ataulfo de Paiva e distrito de Rialto.

A Secretaria de Ordem Pública informou que as linhas de ônibus estão circulando sem alterações, exceto as linhas que atendem aos bairros Santa Maria II, Rialto, Colônia Santo Antônio, Perimetral e Vila Ursulino, onde o trânsito teve que ser alterado para a Via Dutra em função de interdição da Estrada Governador Chagas Freitas e de avaliação das condições da ponte situada na localidade pela Defesa Civil municipal e estadual.

A Guarda Municipal segue no apoio a todas as operações que estão sendo realizadas pela prefeitura nos pontos críticos. Equipes da corporação também estão auxiliando na organização do trânsito na Estrada Governador Chagas Freitas, orientando aos motoristas sobre a necessidade de desvio dos veículos pela Rodovia Presidente Dutra, na altura da Bocaininha e acesso pela Vila Ursulino, com monitoramento da área diante da previsão da circulação de pelo menos 20 mil pessoas pelo trecho. (Foto: Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

20:35 Polícia