sexta-feira, 15 novembro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Bairro Padre Josimo, em Volta Redonda, festeja 33 anos de criação

23/05/2019 18:06:39

Os cerca de seis mil moradores do Padre Josimo, em Volta Redonda, vão comemorar neste sábado, dia 25, os 33 anos de criação do bairro. O evento vai de 9 às 12h e será realizado na Praça Maria Izabel, na quadra coberta, e contará com a "Caravana da Cidadania",

Serão ofertados diversos serviços gratuitos à população. Entre os serviços disponíveis estarão orientação em nutrição, exame de vista, aferição do colesterol e pressão, campanhas educativas e preventivas.

Os moradores poderão participar de eventos esportivos acompanhados de profissionais cedidos por instituições e voluntários. O público terá ainda poderá se divertir com jogo de tênis de mesa, dominó, damas, gincanas lúdicas com cama elástica, piscina de bolinhas, apresentações musicais e danças, oficina de artes, exposições fotográficas, artesanato, charges de artista locais, além da dança de rua e jogo de capoeira.

Além de diversas atividades de interação e promoção à cultura, o evento levará à população outros serviços de utilidade pública. Segundo os organizadores, serão agendados e emitidos documentos, confecção de currículos, varal de emprego com vagas disponíveis, atendimento jurídico, consultoria com um arquiteto, corte de cabelo e materiais educativos.

O evento está sendo realizado pelo Instituto de Combate à Vulnerabilidade Social com o apoio de diversas instituições, associação de moradores e comércio.

HOMENAGEM – O bairro surgiu da ocupação de uma área que pertencia ao extinto BNH (Banco Nacional de Habitação), em 1986, quando era prefeito de Volta Redonda o médico Marino Clinger.

No início, a localidade era chamada de Divinéia pelos invasores. O nome do padre foi dado pela Igreja Católica, que apoiou a invasão. A escolha foi homenagem ao padre Josimo Morais Tavares. Ele era defensor dos sem-terra e foi morto a mando de fazendeiros no dia 10 de maio de 1986, em Imperatriz (MA). O religioso chegava ao escritório da Comissão Pastoral da Terra quando foi atingido por dois tiros pelas costas. Ele tinha 33 anos e, duas semanas antes, havia escapado de um atentado.

Mesmo sem, de imediato, poder conceder aos ocupantes o título de propriedade, Clinger levou ao bairro os secretários de Planejamento Paulo Gustavo e de Obras, Sérgio Sodré, que definiram com os líderes da ocupação o arruamento da localidade, inclusive com a definição de áreas que poderiam abrigar equipamentos públicos, como praça, escola e posto de saúde. (Foto: Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

17:44 Polícia