sexta-feira, 26 fevereiro 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Assembleia de Deus de VR divulga pedido de desculpas

Em nota, instituição se compromete a cumprir decretos contra Covid-19

19/02/2021 16:17:57

A Catedral das Assembleias de Deus em Volta Redonda (Cadevre), Ministério de Madureira, divulgou na tarde desta sexta-feira (19) nota sobre o evento realizado no período de Carnaval, que levou a instituição a ser autuada pela prefeitura, através do Departamento de Fiscalização Fazendária da Secretaria Municipal de Finanças e da Vigilância Sanitária, por descumprimento dos decretos de prevenção à Covid-19 na cidade. Imagens que circularam em redes sociais mostraram a igreja superlotada, com várias pessoas sem máscara. Os templos religiosos estão autorizados a funcionar em Volta Redonda com 30% de ocupação, mantendo regras como distanciamento e uso de máscaras, entre outras medidas.

Na nota, assinada pelo pastor Rinaldo Silva Dias, a igreja diz lamentar os acontecimentos e informa que participou, também nesta sexta, de uma reunião com representantes da administração municipal, quando recebeu a notificação correspondente. A Assembleia de Deus afirma ainda que, desde o início das ações de enfrentamento do novo coronavírus,  tem zelado “pelo fiel cumprimento de todas as normas. Prova disso é que, até a presente data, não havia sido notificada ou autuada por infringir as regras”, salienta a nota.

Diz ainda a instituição que as medidas sanitárias de higienização e distanciamento social “foram tomadas sob orientação do setor competente da PMVR (Prefeitura Municipal de Volta Redonda) em 2020”. Por fim, a igreja apresenta um pedido de desculpas, classificando o ocorrido de “fato isolado e situação atípica em razão do feriado” e se compromete a continuar cumprindo integralmente os decretos para o controle de Covid-19.

Veja a íntegra da nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 Em relação às matérias publicadas hoje (19/02/2021) na imprensa do Sul Fluminense informamos o seguinte:

 1. A CADEVRE (Catedral das Assembleias de Deus em Volta Redonda – Ministério de Madureira), representada pelo Pr. Presidente Rinaldo Silva Dias e assessoria jurídica lamentam os acontecimentos ocorridos e informa que participou, na presente data, de reunião com os representantes do Poder Executivo Municipal, onde recebeu a notificação correspondente.

2. Cabe salientar que, desde o início das ações de enfrentamento do COVID-19, a instituição tem zelado pelo fiel cumprimento de todas as normas. Prova disso é que, até a presente data, não havia sido notificada ou autuada por infringir as regras.

3. Outrossim, as medidas sanitárias de higienização e distanciamento social foram tomadas sob orientação do setor competente da PMVR (Prefeitura Municipal de Volta Redonda) em 2020.

4. Por isso, considerando que a organização religiosa exerce não somente assistência religiosa, como também assistência social onde, há 78 anos distribui mensalmente 5 toneladas de alimentos; mantém com recursos próprios o LAR DO IDOSO EBENÉZER; CASA DE RECUPERAÇÃO GUNNAR VINGREN; visitas e acompanhamento hospitalar, sempre primando pelo respeito junto ao poder público, vem, por meio da presente nota, pedir as sinceras desculpas, pois foi um fato isolado e situação atípica em razão do feriado e, se compromete a continuar cumprindo integralmente as disposições presentes no Decreto do Poder Executivo do Município de Volta Redonda, nº 16.599/2021 e demais normas pertinentes a questão.

Volta Redonda – RJ, 19 de fevereiro de 2021.

RINALDO SILVA DIAS

PASTOR PRESIDENTE DA CADEVRE  

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

20:20 Política