segunda-feira, 22 julho 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Estado

Advogado nega que filho de Flordelis tenha confessado assassinato

Ele pedirá anulação de confissão à Justiça

24/06/2019 17:56:56

Um dos responsáveis pela defesa de Flávio dos Santos, suspeito de ter participado da morte do padrasto, Anderson do Carmo, na madrugada do último dia 16, o advogado Anderson Rollemberg negou nesta segunda-feira que seu cliente tenha confessado ter disparado seis tiros na vítima. A Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo afirma que o rapaz assumiu participação no homicídio do pastor, marido da deputada federal Flordelis.

Rollemberg disse também que vai pedir a anulação da confissão à Justiça, já que nenhum advogado acompanhou esse segundo depoimento.

- A autoridade policial diz que ele confessou, mas ele nega. A defesa vai avaliar tudo para tomar as providências – disse o advogado. “Se a confissão existe, já estou dizendo que não é idônea. Não condiz com a verdade. Se há uma assinatura neste depoimento, quem nos garante que ele assinou por livre e espontânea vontade? – questionou.

Até o momento desta publicação, a Polícia Civil não havia se pronunciado sobre as afirmações do advogado. Segundo a delegada Barbara Lomba, que chefia a investigação do crime, Flávio confessou que comprou a arma dois dias antes do crime e que fez sozinho os disparos contra o padrasto. De acordo com a delegada, a confissão surgiu após a polícia encontrar uma pistola 9mm no quarto do enteado do pastor, na terça-feira da semana passada. Flordelis, mãe de Flávio, prestava depoimento desde as 13 horas. Ela é investigada por uma possível participação no crime.

Também nesta segunda-feira, os advogados de Flávio dos Santos e de Lucas dos Santos afirmaram que vão pedir a transferência de ambos para uma unidade prisional. Eles tiveram prisão temporária decretada na última semana e, de acordo com a defesa, não estão tendo direitos básicos na delegacia.

Alexandra Menezes, também advogada de Flávio, afirmou que a deputada está abatida e debilitada.

- Ela está muito debilitada, abalada. Perdeu o marido, o filho está sendo acusado da morte do esposo. Era um casal com muita força política. Está muito abalada porque não sabe o que tem por trás disso — disse a advogada.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

17:06 Saúde