domingo, 20 setembro 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Esporte

Vasco vacila e cede empate para a La U

24/11/2011 08:40:27

De um lado, o insaciável Vasco, campeão da Copa do Brasil e na disputa pelos títulos da Copa Sul-Americana e do Brasileiro. Do outro lado, a Universidad de Chile, chamado de ‘Barcelona das Américas’ pela irretocável temporada, com direito a uma invencibilidade de 28 jogos. As duas equipes confirmaram a expectativa de um jogão em São Januário e ficaram no empate por 1 a 1 na partida de ida das semifinais da Sul-Americana. Para avançar à decisão, o Gigante da Colina precisa vencer ou empatar por pelo menos dois gols quarta-feira, em Santiago.

Sem Diego Souza, suspenso, e Eder Luis, machucado, o técnico Cristóvão Borges novamente mostrou a capacidade de reinventar o Vasco, com a entrada de Bernardo e Allan. Muito se esperava de Lorenzetti, sacado ainda antes do intervalo, mas o banho de bola saiu dos pés de Allan e Felipe no primeiro tempo. Na troca de passes, eles criavam espaços e confundiam a marcação.

Dessa forma, Felipe já havia deixado Elton de frente para o gol, mas a bola explodiu no travessão de Herrera.

O gol vascaíno saiu com boa dose de sorte. Aos 33 minutos, Allan tentou passar para Elton, mas a bola desviou em Aránguiz e sobrou limpa para Bernardo, livre, chutar cruzado e colocar o time em vantagem, para delírio da torcida.

La U tentava responder, na maioria das vezes pelos pés do talentoso Vargas, que deu muito trabalho para Jumar pela esquerda. Apesar dos sustos, o Vasco demorou a perder a soberania.

O ritmo diminuiu na volta do intervalo. Maestro da equipe no primeiro tempo, Felipe cansou e Cristóvão optou por reforçar a marcação. Coube a Juninho armar e cadenciar o jogo quando preciso. Foi quando o ‘Barça das Américas’ começou a gostar da partida e a ganhar terreno.

Com o gol de cabeça de Osvaldo González, aos 33 minutos, a sorte voltou a sorrir para os chilenos. A equivocada saída de Fernando Prass em cobrança de falta não poderia ter acontecido em momento pior. 

Os chilenos cresceram e apertaram, mas não conseguiram a virada. Ao fim da partida, a torcida incentivou os jogadores, já de olho no clássico decisivo diante do Fluminense, pela penúltima rodada do Brasileiro, domingo, no Engenhão.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

11:23 Política