terça-feira, 23 abril 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Saúde

Resende lança novo plano para atendimento em casos de emergência

29/09/2011 17:08:04

A prefeitura de Resende realiza nesta quinta-feira, um encontro com os representantes dos órgãos envolvidos no Plano Municipal de Contingências a Emergências, que foi lançado recentemente pelo município para organizar e facilitar as ações de atendimento à população em eventuais situações de emergências, como chuvas fortes e outros desastres naturais.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, coronel Marco Resende, este ano a prefeitura decidiu criar um plano bem mais amplo do que o Plano Verão, que poderá ser utilizado em qualquer situação caracterizada como emergência.

Somente neste mês, a ação integrada das secretarias, fundações e departamentos municipais prevista no novo plano garantiu o atendimento imediato às famílias da região do Parque Ipiranga, de São Caetano e do distrito de Engenheiro Passos que tiveram suas residências alagadas pela chuva. Através deste trabalho conjunto, a prefeitura distribuiu materiais de limpeza doméstica; aplicou vacinas; promoveu a retirada de lixo e entulho das ruas afetadas e reforçou as ações de prevenção contra a dengue e doenças provocadas pela água da chuva.

“O Plano Verão tinha validade apenas nesta estação, tendo como foco as chuvas e os desastres ocasionados neste período. O prefeito José Rechuan solicitou que toda vez que houver um desastre natural, independente da estação do ano, o poder público entre imediatamente em ação, apoiando e atendendo às vítimas de uma forma ágil a fim de minimizar o sofrimento da população. Por isso o Plano de Contingências é mais amplo, uma vez que ele dura todo ano e só pode ser extinto mediante decreto do prefeito”, explicou Marco Resende, coordenador geral do novo plano.

A reunião desta quinta, que acontece às 10 horas na Secretaria Municipal de Obras, será realizada apenas com os integrantes do Geae (Grupo Especial de Atendimento a Emergências). Segundo o coordenador, o Geae “é o grupo de ponta do plano, que deverá ser acionado nos casos de emergência no Município”.

“Esta reunião vai integrar os representantes dos órgãos envolvidos no Geae e definirá as formas como cada um será acionado, de acordo com a necessidade e a situação. A integração é necessária para não haver nenhuma lacuna. Nós não temos como prever e evitar os efeitos de todos os desastres da natureza, mas temos que estar preparados”, salientou Marco Resende.

 

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

21:06 Polícia