sexta-feira, 25 setembro 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Polícia

Prédio em construção no São João desaba

05/05/2012 16:27:34

Atualizada às 18h04min - Um prédio de três andares que estava sendo construído havia cerca de um ano desabou, por volta das 15h30min deste sábado, na Rua Arariboia, no bairro São João, em Volta Redonda. Segundo o tenente Anderson, do Corpo de Bombeiros, aparentemente não há vítimas, embora moradores vizinhos divirjam sobre a presença de operários no local no momento em que a construção foi abaixo.

- Estava jogando lixo na caçamba quando ouvi o barulho. Gente, o prédio caiu! – disse Ana Maria Ibiapino Honório, que mora numa das casas ao lado. Da construção, apenas um cômodo, que fica ao lado da casa de Ana Maria não caiu, mas, segundo os bombeiros, o risco de desabar também é iminente, juntamente com o único lado da obra que não foi ao chão. A área foi interditada e o trânsito interrompido na rua, por medida de segurança.

Até as 17h30min, enquanto vasculhavam os escombros, os bombeiros não encontraram sinais de vítimas. “O cadeado do portão de acesso ao prédio estava trancado”, disse o chefe da operação de busca, que mobilizou também o comandante da corporação em Volta Redonda, Weselem Brasil. No video abaixo, o tenente chama a atenção da reportagem do FOCO REGIONAL para o risco de o piso desabar de onde estavam sendo feitas imagens de vídeo e fotografias.

Uma mulher disse ao FOCO REGIONAL que os responsáveis pela obra são um casal, identificado como Ravel e Ana Carolina, que moram no bairro, mas não estavam sendo localizados. Parentes deles foram acionados para ir ao local, onde, também segundo os vizinhos, seria construído um salão de festas.

Embora não fosse visível depois do desabamento nenhuma placa indicando o nome, bombeiros informaram que o engenheiro responsável também teria sido localizado, mas o nome dele não foi divulgado. Também foi feito contato com a arquiteta Delona Ferrugini, através de um dos telefones constantes numa placa,

A Defesa Civil vistoriou o local e constatou que os dois imóveis ao lado não foram comprometidos com o desabamento, mas uma casa, que fica numa rua abaixo, ao lado do prédio, apresentava trincas numa parede e a previsão é de que ela será interditada por medida de segurança. Na residência mora apenas um homem, segundo os vizinhos.

A causa do desabamento ainda vai ser apurada, mas a suspeita é que alguma coluna não resistiu ao peso, comprometendo toda a construção.

   

  

  

  

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:05 Saúde