sábado, 04 julho 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Estado

Polícia identifica dois suspeitos de assalto a hotel; ambos estão foragidos

29/09/2011 16:44:38

A polícia divulgou hoje que já identificou dois suspeitos de participar do assalto ao hotel de luxo em Santa Teresa, no Centro do Rio, há uma semana. A delegada Renata Teixeira, responsável pelo caso, afirmou em coletiva que um dos homens é ex-funcionário do estabelecimento. Segundo ela, ambos estão agora foragidos da polícia, pois já tiveram mandados de prisão expedidos. Um deles já teria passagem pela polícia.

O Hotel Santa Teresa foi invadido por pelo menos quatro homens durante a madrugada. Segundo a polícia, 15 hóspedes foram roubados na ocasião e os criminosos conseguiram fugir.

A delegada informou que, dos quatro homens que invadiram o hotel, apenas dois foram identificados. Durante as investigações, a polícia descobriu que os dois participaram de dois assaltos em lojas de armamentos. "Eles assaltaram no fim de junho uma loja de armas no Centro do Rio, e no começo de julho um estabelecimento também de armamentos em Saquarema. Por isso estavam fortemente armados", explicou a delegada. A polícia não sabe informar quantas armas foram utilizadas pelos criminosos no assalto ao hotel.

Segundo a delegada, a polícia encontrou armamentos na casa de um dos suspeitos, que também fica em Saquarema, na Região dos Lagos. Na residência do outro suspeito, no Morro do Santo Amaro, no Catete, a polícia achou uma arma chamada balestra.

"Por ele ser ex-funcionário do hotel certamente tinha informações privilegiadas e se valeu disso", disse Renata. Segundo a polícia, ele trabalhou por seis meses no estabelecimento e deixou o emprego um mês antes do assalto.

Na quinta-feira, o secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, comentou sobre os recentes episódios de violência ocorridos em Santa Teresa, no Centro do Rio. "UPP não é solução, há muito ainda a ser feito. Eu venho dizendo isso há tempos", disse o secretário. No local, há uma Unidade de Polícia Pacificadora que abrange os morros da Coroa, Fallet e Fogueteiro, desde fevereiro.

O secretário falou ainda que episódios pontuais de violência "são previsíveis e acontecem como em qualquer outra capital. E a polícia continua se empenhando em combatê-los".

Em relação ao assalto ao hotel de luxo na segunda-feira (18) em Santa Teresa, o secretário afirmou que a ação foi muito bem planejada, com informações precisas e que, provavelmente, nem um policiamento ostensivo conseguiria coibir.

 

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

20:33 Polícia