sexta-feira, 05 março 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Estado

Namorada de jogador da Portuguesa morre ao cair de prédio onde moravam

29/09/2011 16:44:46

Se dentro de campo a fase da Portuguesa não podia ser melhor, fora dele a situação pode se tornar mais turbulenta daqui para frente. Isso porque Flávia Naide Lima, de 16 anos, namorada do atacante Rafael Silva, de 20 anos, morreu após cair da sacada do apartamento de um prédio na zona leste, justamente após uma briga com o jogador. De acordo com a assessoria de imprensa do clube rubro-verde, a Portuguesa prefere não se pronunciar sobre o caso enquanto não for realizada a perícia.

O fato aconteceu em um condomínio localizado na zona leste de São Paulo, onde o atacante da Portuguesa vivia com a namorada há seis meses. Flávia caiu da sacada do apartamento que fica no 15º andar. Segundo os vizinhos, a queda aconteceu depois de uma briga do casal. A polícia abriu inquérito para apurar as circunstâncias da morte.

“O próximo passo é aguardar a perícia, no caso, em 30 dias tem uma solução”, explicou o delegado José Raimundo da Silva. O pai da vítima, Francisco Carlos Lima, espera aguardar a investigação para adotar uma posição em relação ao caso: “Ninguém acusa ninguém, ninguém sabe o que aconteceu, só eles sabem o que aconteceu. Então, só a polícia com a investigação pode falar”.

De acordo com Larissa Kisy, tia de Flávia, houve muitos desentendimentos entre os jovens durante este um ano de relacionamento: “Brigavam constantemente por ciúmes, de ambas as partes. Mas às vezes ele bebia, aí é onde eles brigavam, porque ela não gostava que ele bebia”.

De acordo com o jogador e testemunhas, a briga do casal começou em um bar na noite do domingo. Com ciúme, a namorada chegou e passou a agredir Rafael com um sapato, e em seguida quebrou os espelhos retrovisores do carro do jogador.

“A discussão continuou no apartamento e lá, segundo ele, ele teria se jogado. Vai ser ouvido uma vez, duas vezes, tudo que for necessário no sentido de esclarecer completamente esse crime”, explicou o delegado. Na delegacia, o jogador tinha um ferimento na cabeça, e alegou que foi provocado por uma caixa de som atirada por Flávia. As informações são da Bandnews.

 

Rafael Silva não treina

Rafael Silva não participou dos treinamentos desta segunda-feira, mas não por motivos relacionados ao caso policial, e sim por questões médicas. Há cerca de 15 dias, o jogador levou uma bolada no rosto durante o treino, teve parte da retina deslocada e desde então não vem sendo relacionado pelo técnico Jorginho. De acordo com a assessoria, Rafael ainda precisa de mais outros 15 dias para se recuperar totalmente do machucado e voltar a treinar com o restante do grupo.

 

Fonte: Uol 

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

05:52 Polícia