terça-feira, 27 outubro 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Internacional

Hollande vence na França e defende austeridade

06/05/2012 17:53:13

François Hollande defendeu, em seu primeiro discurso como presidente eleito,  a existência de alternativas para lidar com a crise econômica na Europa. Ele também atribuiu a sua eleição a um desejo de mudança e disse que o período de fraturas na sociedade francesa "se acabou". Com 51,9% dos votos, segundo uma pesquisa de boca de urna, o candidato socialista leva a esquerda de volta ao comando da França depois de 17 anos de governos conservadores.

- Hoje, eu sei que a Europa nos observa e eu tenho certeza de que é um alívio, uma esperança. Aideia de que a austeridade, enfim, não é mais uma fatalidade. É minha missão dar uma dimensão de crescimento à Europa e é isso que eu direi o mais cedo possível a nossos parceiros europeus e, em primeiro lugar, à Alemanha - disse Hollande neste domingo, segundo jornal francês "Le Monde".

O socialista também se apresentou como um ponto final ao que chamou de período de "fraturas, feridas, rupturas e cortes de mais que separaram os nossos cidadãos" durante o mandato de Nicolas Sarkozy. Nessas eleições, um terço dos eleitores escolheram partidos de extrema esquerda ou de extrema-direta - esses últimos defendendo abertamente uma plataforma anti-imigração.

Sarkozy, que se tornou o primeiro presidente 5ª República francesa a não conseguir se reeleger nenhuma vez, reconheceu a derrota antes mesmo da apuração dos resultados oficiais. Em discurso público - que estava marcado para as 21h30min em Paris, mas foi adiantado para as 20h30min (15h30min horário de Brasília) - Sarkozy também anunciou sua saída da política francesa, deixando a liderança do partido conservador.

- Neste momento, me disponho a converter-me a um francês entre os franceses - disse - Outra época começa. E neste novo período, seguirei sendo um de vocês. Podem contar comigo para defender nossas ideias e nossas convicções, considerando que meu lugar não poderá ser o mesmo.

Sarkozy também pediu a seus partidários para darem um bom exemplo, mesmo na derrota, e disse já ter entrado em contato com Hollande para felicitá-lo e desejar boa sorte.  

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:39 Esporte