sexta-feira, 14 dezembro 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Bolsonaro e Haddad já votaram

Candidato do PSL votou sob forte esquema de segurança

07/10/2018 10:53:45

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, votou na manhã deste domingo numa escola na Vila Militar, em Deodoro, na Zona Norte do Rio. Ele foi acompanhado de seu filho, Flavio Bolsonaro, candidato a senador.

O carro foi escoltado por quatro veículos da Polícia Federal e um forte esquema de segurança foi montado na escola Municipal Rosa da Fonseca, local de votação do candidato.

"Dia 28 vamos à praia", disse ele, ao chegar à escola, se referindo à data de votação do segundo turno. "Não haverá negociação partidária. Temos 350 parlamentares", acrescentou Bolsonaro.

Já o candidato do PT, Fernando Haddad, tomou um café da manhã com aliados em São Bernardo do Campo antes de votar e se disse confiante em um segundo turno, afirmando que ficará "mais fácil" para o eleitor escolher na segunda etapa, em referência ao líder nas pesquisas, Jair Bolsonaro (PSL).

Ele ainda criticou o presidenciável do PSL por ele ter dito que não ligaria para um adversário em caso de derrota. Haddad afirmou que nunca teria uma atitude como a de Bolsonaro. "Quem não coloca o povo acima das suas pretensões pessoais é que tem esse tipo de atitude. Para mim, a vontade popular tem que ser acima de tudo." Ele se disse um democrata "desde que nasci" e que vai celebrar a vontade popular, independentemente de derrota ou vitória.

O presidenciável petista disse ainda que a eleição não será definida pelos índices de rejeição. Bolsonaro e ele são os candidatos mais rejeitados pelo eleitor, conforme as pesquisas eleitorais, cenário classificado como "natural" por Haddad.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

14:25 Polícia