segunda-feira, 24 julho 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Colunas

Em Foco

por: Fernando Pedrosa

Neném pode sair da base de Samuca

22/06/2017 21:41

Depois de dispensar de sua base de apoio os vereadores Rosana Bergone (PRTB) e Paulinho do Raio-X (PMDB, como informou esta coluna na terça-feira, o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, pode ter uma outra baixa em seu grupo na Câmara: trata-se de Neném (PSB).

Poucas & Boas: Apoio de Neném a Samuca sobe no telhado

O que estava restrito aos bastidores chegou ao plenário nesta quinta-feira, quando o risco do parlamentar abandonar o grupo foi revelado, da tribuna, por Carlinhos Santana (SD). Neném, por enquanto com um discurso conciliador, não gostou da transferência do irmão, Milton Alves de Faria, da Policlínica da Cidadania para a Central de Ambulâncias. E também está insatisfeito com a exoneração de uma servidora ligada à ele.

Respondendo ao colega, Neném disse acreditar que as iniciativas não partiram do prefeito, mas admitiu a boataria de que teriam sido adotadas para levar ao seu afastamento da base.

À coluna, Neném garantiu que não tratou do assunto com Samuca.

Perda e alívio

Poucas & Boas: Apoio de Neném a Samuca sobe no telhado

E Márcia Cury, como já divulgado, desistiu também de assumir a direção administrativa do Hospital São João Batista. Uma fonte próxima ao prefeito Samuca garantiu que ele encarou a atitude da ex-secretária de Saúde com decepção e, ao mesmo tempo, alívio.

Por quê?

Segundo a fonte, o prefeito tem uma grande admiração pessoal pelo trabalho de Márcia. Aliás, deve ter mesmo, o que explica a paciência de Jó com as idas e vindas da ex-auxiliar quando estava na Secretaria de Saúde e, volta e meia, surgia o boato de que ela renunciaria ao cargo, o que efetivamente acabou sendo oficializado no início desta semana. Exatamente por isso, o alívio.

Como Poucas & Boas também noticiou na terça-feira, antes de entrar para a reunião que confirmou sua transferência para o maior hospital público da região, Márcia havia garantido a pessoas próximas que não aceitaria o cargo de maneira alguma. Mais uma vez, mudou de ideia, para mudar de novo 24 horas depois.

Climão

Por sinal, rolou um clima pesado entre Márcia e José Geraldo de Castro Barros, diretor médico do Hospital São João Batista. Tudo porque Márcia queria não só levar para o hospital sua equipe na Secretaria de Saúde, como abocanhar também as atribuições de Zé Geraldo. Aí o bicho pegou.

E, acredite, Samuca ainda tentou contornar o entrevero para que Márcia permanecesse na equipe de governo.

Nada a ver

Poucas & Boas: Apoio de Neném a Samuca sobe no telhado

Em oposição ao prefeito, o vereador Carlinhos Santana usou a tribuna da Câmara na última terça-feira, quando disse estranhar que o novo secretário de Saúde escolhido por Samuca, Alfredo Peixoto (foto), seja um veterinário.

Vale ressaltar que Alfredo também é dentista.

Mas, vereador, tivessem todos os médicos a sensibilidade de cuidar das pessoas que têm os veterinários em relação aos animais...

A propósito

Exceto de alguns desafetos mais radicais, Sebastião Faria, diretor do Hospital São João Batista no governo de Antônio Francisco Neto, tinha a admiração até de opositores do então prefeito. E Faria é engenheiro, estando hoje à frente do Hospital Geral da Japuíba, de Angra dos Reis.

Conluio

Está no Ministério Público Estadual uma denúncia contra quatro guardas municipais de Volta Redonda. Eles estariam agindo em “parceria” com flanelinhas que atuam na Vila Santa Cecília. De acordo com a denúncia, os flanelinhas em obrigados a dividir o valor apurado das gorjetas dos motoristas com os agentes públicos.

O leitor deve estar imaginando que um flanelinha fez a denúncia, certo? Errado. Foi um guarda municipal.

Perdeu

Geraldinho Libório, suplente de vereador, perdeu no Tribunal Regional Eleitoral, por unanimidade, o processo que movia contra o vereador Luciano Mineirinho (PR), a quem acusou de abuso de poder econômico nas eleições de 2016.

Libório já tinha perdido na primeira instância da Justiça Eleitoral.

Ele diz que ainda vai recorrer.

Levou

Por outro lado, Geraldinho Libório ganhou, também no TRE-RJ, a ação que moveu contra o PR que, justamente por causa da ação, anunciou sua expulsão do partido.

Mas ele não permanecerá na legenda. Informa que deve se filiar ao PSL.

Fernando Pedrosa é editor do FOCO REGIONAL

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional