quarta-feira, 22 novembro 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Colunas

por: Ingridy Ribeiro

Delegar x ‘Delargar’

23/06/2017 11:43

O que é gestão se não produzir resultados por meio de outras pessoas?  A delegação é o meio pelo qual se utiliza o melhor das pessoas que você tem. Bom, ou pelo menos deveria ser...

Muitos gestores pecam ao pensar que delegar tarefas é apenas um meio de desligar-se daquilo que julgam não ser importante.

Saber delegar é saber definir de forma clara os objetivos, estar sempre aberto para tirar dúvidas e sanar erros, fazer follow up e saber dar feedbacks ao longo do caminho. Do contrário o gestor não está delegando e sim “delargando”, seja porque não se comunicou bem, seja porque não forneceu os recursos necessários, ou tudo isso junto.

“Delargar” é “passar a batata quente” para o outro, isto é, repassar uma responsabilidade para alguém sem dar condições para que essa pessoa entregue um bom resultado. É uma atitude irresponsável e não muito inteligente da parte de um gestor, que compromete seriamente a performance de todo um time e também de si mesmo.

Quer resultados claros? Seja claro! Quer resultados positivos? Seja positivo! Quer uma equipe poderosa? Empodere sua equipe! E nunca, jamais, subestime as pessoas.

Não é incomum que aquele gestor que não sabe delegar se torne centralizador, acreditando que ninguém é melhor do que ele para executar alguma tarefa ou solucionar algum problema. Ruim para o gestor que se sobrecarrega, pior ainda para o colaborador, que fica engessado.

O mundo está mudando, a gestão de pessoas precisa amadurecer e sair da teoria para acompanhar.

É chegado o momento de quebrar velhos paradigmas como o “ter”, o “eu ganho”, “eu faço”, “eu falo e mando”, “somente os resultados importam”, a visão a curto prazo e o foco somente nos serviços e produtos, por exemplo. O momento é do “ser”, do “nós ganhamos”, “nós fazemos”, “eu escuto e lidero”, “o caminho também é importante”, da visão a longo prazo e do foco nas pessoas – afinal, são elas quem mudam o mundo.

Tenha sempre em mente que todo trabalho, toda função é importante! E que, se você é um gestor, precisa reservar um tempo para seus liderados. Precisa sim dar responsabilidades que proporcionem o desenvolvimento dos seus liderados, isso enriquecerá a vida deles. Mas, sobretudo, precisa acompanhar este desenvolvimento.

Por um mundo com menos chefes e mais líderes! Por um futuro com mais delegadores e menos “delargadores”!

Se este conteúdo foi útil para você, compartilhe com as pessoas que você gosta e inspire transformações.

Até a próxima!

Ingridy Ribeiro é Coach de Vida & Carreira. Escreve às sextas-feiras

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional