terça-feira, 17 outubro 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Colunas

Em Foco

por: Fernando Pedrosa

Contas de Neto vão à votação

31/03/2017 17:29

O presidente da Câmara de Volta Redonda Sidney Dinho (PV) marcou para a próxima terça-feira a apreciação das contas de 2011 do prefeito Antônio Francisco Neto pelo plenário da Casa. As contas foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ), sacudido esta semana pelo vexame de ter presos nada menos que cinco conselheiros.

Reflexos

A votação, portanto, vai ocorrer sob o impacto da bomba que estourou esta semana.

Aliás, não foram poucas as vezes em que, indagado sobre a rejeição pelo TCE-RJ, Neto – que teve rejeitadas também as contas de 2013 e 2014 – afirmou: “O que ouço dizer é que conselheiros não gostam de mim porque sou honesto”.

As suspeitas levantadas contra os conselheiros levam a crer que o ex-prefeito, que parecia estar dando uma desculpa esfarrapada, pode ter alguma razão.

‘Vergonha’

Dinho observa: “O que aconteceu [a prisão de conselheiros] é uma vergonha. O que sempre digo é que o TCE é um órgão técnico, ajudando a gente a ter convicção para aprovar ou rejeitar as contas. O que a gente pensa a partir do momento em que quase todo mundo é preso?”.

Ele diz ainda que a acusação contra os conselheiros é a de ”conluios para aprovar contas irregulares” e, sendo assim, se agiam para beneficiar, podem ter agido também para prejudicar algum agente público, ao rejeitar as contas.

- Como um vereador pode ter certeza que o voto não foi comprado ou vendido para alguém? – questiona.

O que era para ser um parâmetro técnico, ressalta o vereador, desmoronou com o escândalo no tribunal.

Não arrisca

Na conversa com a coluna, Dinho não quis arriscar se a Câmara manterá a rejeição – tornando Neto inelegível por oito anos – ou se muda o entendimento do TCE-RJ e aprova as contas. Pondera que, até no grupo dos 14 parlamentares que se uniu para definir a Mesa Diretora de toda esta legislatura, há divergências.

- Claro que cada um tem sua posição, mas não tem externado – explica.

Quanto às contas de 2013 e 2014, ainda não há previsão sobre quando entrarão na pauta.

A conferir

Nos bastidores, existem rumores de que haverá requerimento no sentido de submeter todas as contas do ex-prefeito, antes da votação, à Corregedoria do TCE-RJ. Como se sabe, a única conselheira de contas do estado que não foi em cana é justamente a  corregedora Marianna Montebello Willeman.

Iguais, mas pareceres diferentes

O conselheiro que reprovou as contas de 2011 de Neto foi Júlio Lambertson Rabello, encontrado morto em casa, no dia 25 de maio de 2015. Ele se suicidou.

Em seu relatório, os pontos que o conselheiro apontou para justificar a rejeição foram os mesmos que ele ignorou em relação a outras 11 cidades do estado, que tiveram parecer favorável à aprovação dado por ele.

Estranho, não?

Mudança

Poucas & Boas: Contas de Neto de 2011 vão à votação

Já na próxima segunda, a Câmara vai votar um projeto de resolução da Mesa Diretora que, se aprovado, mudará o horário das sessões plenárias, que passarão a ser realizadas à tarde (provavelmente a partir das 15 horas) e não mais às 18 horas.

Dinho explica que a mudança leva em conta a necessidade de fazer economia. Exemplo: a conta de luz, com as sessões à noite, subiu de R$ 13 mil, em dezembro, para R$ 17 mil, em janeiro e fevereiro, e chegou a R$ 20 mil em março.

Dinho acredita que conseguirá reduzir também as despesas com ar condicionado e pessoal, que são maiores com as sessões sendo realizadas no horário atual.

De saída

Geraldinho Libório, que o PR anunciou que iria expulsar por entrar com ação contra a eleição de Luciano Mineirinho, seu colega de partido, entrou com pedido de desfiliação diretamente no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Há quem diga que ele foi realmente expulso, mas, oficialmente, Libório não foi informado pelo diretório municipal.

Verdade ou mentira?

O fim de semana foi marcado pela rádio-corredor do Palácio 17 de Julho, sede do governo de Volta Redonda, bombando sobre uma lista de demissões de ocupantes de cargos ligados ao ex-prefeito Neto.

Neste sábado é 1º de abril, mas tem gente que jura que é verdade e que o passaralho vai voar.

Fernando Pedrosa é editor do FOCO REGIONAL

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional