segunda-feira, 11 dezembro 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Colunas

Vida Digital

por: Frederico Guimarães

Black Friday

27/11/2015 11:04

A Black Friday chegou e, com ela, algumas velhas dúvidas! No Brasil, a Black Friday acontece nesta sexta, 27 de novembro. Mas, afinal, para que serve esta data e será que é possível tirar proveito desta campanha sem sair prejudicado?

A ação foi criada pelo comércio dos Estados Unidos para aumentar as vendas neste dia, que, assim como no Brasil, é a última sexta-feira do mês de novembro. A febre foi tanta que já é adotada por outros países como Canadá, Austrália, Reino Unido, Portugal e Paraguai. A ideia chegou ao Brasil 2010 e em 2013 teve seu recorde em vendas.

A data nada mais é que uma campanha de venda com descontos de até 80% em produtos de todas as categorias possíveis, como smartphones, notebooks, eletrodomésticos, TVs, roupas, calçados, livros e muito mais. A grande sacada para o consumidor é aproveitar para fazer as compras de Natal antecipadamente. Já para o comerciante a ideia é outra: colocar para fora aquilo que está parado e renovar o estoque para o Natal.

Entretanto, muito se ouve falar que esta data é uma furada, que na verdade se vendem os produtos pela metade do dobro do seu preço. E também que é preciso tomar alguns cuidados para não comprar, por exemplo, um IPhone 6 através de um site desconhecido e receber duas pedras dentro de uma caixa.

Por isso, separei algumas dicas para você se dar bem neste dia:

 - Fique atento aos falsos descontos. Busque referência dos produtos em outros sites e até mesmo em lojas físicas.

- Procure reclamações sobre site ou estabelecimentos antes de fazer a compra. Pode ser com parentes, amigos, Procon e sites como o Reclame Aqui!

- Mantenha seu computador com um antivírus atualizado e tome cuidado com sites que você nunca tenha visto.

- Monitore o mercado e faça consultas em sites que filtram os resultados, como BuscaPé, BondFaro, Trivago, entre outros.

- Fique atento também se o produto está disponível em estoque ou se você terá que esperar. Mesmo quando o objetivo é limpar o estoque, a loja pode vender um item sem ter disponibilidade do mesmo e seu presente pode demorar até mais que o Natal para chegar.

- Verifique a nota fiscal do produto, guarde todos os e-mails e informações trocadas e jamais deposite dinheiro em contas desconhecidas, principalmente de pessoa física.

- Faça uma verificação no site para ver se a empresa possui CNPJ, endereço físico e um telefone para contato, porque isso facilita entrar em contato no caso de eventuais imprevistos na compra.

Com estas dicas o lance é pesquisar e realmente aproveitar os melhores descontos.

Eu já garanti alguns presentes de fim de ano, em sites que eu já conhecia e com o prazo de entrega para antes do Natal.

Boas festas e boas compras!! 

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional