segunda-feira, 11 dezembro 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Colunas

Em Foco

por: Fernando Pedrosa

"Acreditei no Cunha"

28/01/2016 09:37

O contato de POUCAS & BOAS com o vereador Rodrigo Drable (PMDB), na manhã desta quarta-feira, foi para saber de outro assunto – tratado mais abaixo -, mas a pergunta é inevitável:  “O senhor acredita que sua relação com o deputado federal Eduardo Cunha pode afetar sua credibilidade junto aos eleitores de Barra Mansa?”

O pré-candidato a prefeito não correu do tema. “Eu acreditei muito no deputado Cunha, pois ele vinha ajudando a cidade. Ajudou a manter a Santa Casa aberta, a conseguirmos os recursos para o Hospital do Câncer e a UPA da Região Leste. Eu acreditei. Mas nunca tive conhecimento de qualquer atitude errada”.

E acrescentou: “Eu acreditei, mais de 200 mil eleitores acreditaram e até os deputados que elegeram ele presidente da Câmara acreditaram. Querer me culpar ou dizer que tenho envolvimento seria como culpar o povo pelos erros da Dilma ou dizer que o povo é responsável pelo resultado da gestão de Barra Mansa. Nosso erro foi ter acreditado”.

A ligação de Drable com Cunha, que queima nos escândalos de corrupção em Brasília, deve ser, sem dúvidas, a munição de mais grosso calibre dos adversários do vereador na disputa pela prefeitura este ano. Alguns já se referem a ele como Rodrigo “Cunha”, numa tentativa de colar o mais que puderem sua imagem à do deputado.

Esta semana, no rádio, o prefeito Jonas Marins, candidato à reeleição, já deu uma espetada. Disse que, para o Brasil melhorar, é preciso “passar a limpo a Câmara dos Deputados”.

- Eduardo Cunha é um verdadeiro câncer para a política do Brasil, está travando a pauta do país – disse.

Rodrigo Drable diz que errou ao acreditar em Cunha

Movimentação

Pré-candidato a prefeito de Barra Mansa, Jackson Emerick, diretor da TV Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), pode mudar de legenda. Atualmente no PRTB, ele foi convidado pela direção regional do PMDB a ingressar no partido. No PMDB de Barra Mansa, a possibilidade agitou os bastidores, surpreendendo principalmente Rodrigo Drable, pré-candidato do PMDB, que já estaria esperneando.  Ligado ao deputado estadual Edson Albertassi, nome forte do PMDB, Emerick chegou a ensaiar uma filiação ao Solidariedade.

Procurado por POUCAS & BOAS, Emerick preferiu não comentar o assunto, mas a coluna apurou que ele só topará mudar para o PMDB se lhe for dada a oportunidade de disputar internamente a indicação de candidato a prefeito.  Como se sabe, o partido que domina a política do estado há mais de uma década tem duas correntes: uma do presidente regional, do deputado estadual Jorge Picciani (presidente da Alerj), do qual Albertassi faz parte, e outra do deputado federal Eduardo Cunha, o padrinho político de Drable.

Também pelo que POUCAS & BOAS apurou, se não desembarcar no PMDB, Emerick deve ir para o PSB, na busca de um partido mais tradicional que dê mais vigor ao seu nome.

Rodrigo Drable diz que errou ao acreditar em Cunha

Comedido

Sobre o tema, Rodrigo Drable disse que há muitas especulações. “O PMDB de Barra Mansa não foi procurado. O presidente do partido na cidade é o Jaime Coutinho”, disse, negando que já tenha se posicionado contra Emerick. Há quem assegure que ele já declarou em alto e bom som, num tradicional café no Centro da cidade, que não aceitará.

À coluna, o vereador peemedebista foi comedido: “Muitas pessoas estão me perguntando sobre isso e tenho dito que o presidente do partido, Jorge Picciani, em evento público para essa finalidade, já me anunciou como candidato, o que não nos impediria de realizar composições para fortalecer nossa candidatura”.

E ainda fez um afago: “Jackson Emerick é um quadro ligado ao deputado Edson Albertassi. Jackson é um ótimo articulador partidário, somaria muito em nosso grupo. O deputado Albertassi é um dos nomes mais respeitados no estado, o que nos ajudará muito na gestãoda cidade, em caso de vitória”.

O próprio Rodrigo Drable revelou que tem uma conversa marcada com Albertassi para o próximo dia 4. “Até lá, não posso dizer se sou contra ou a favor, pois, efetivamente, a conversa ainda não aconteceu”.

Fernando Pedrosa é editor do FOCO REGIONAL

E-mail: pedrosa@focoregional.com.br

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional