sexta-feira, 15 dezembro 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Colunas

Esporte

por: Filipe Cury

A volta do Glorioso

28/10/2015 09:15

Falta pouco para o Botafogo voltar ao lugar de onde nunca deveria ter saído. Praticamente garantido na Série A, o Glorioso tem 92% de chances de ser campeão da B. No sábado, na Arena Pernambuco, o alvinegro bateu o Náutico por 4 a 1 e chegou aos 62 pontos, cinco a mais que o Vitória, segundo colocado. E sobrou na competição. A cada derrota, há um ano, o coração do torcedor sangrava, a lágrima escorria e a angústia de não ver o time entre os melhores do futebol brasileiro era visível no rosto até dos menos fanáticos.

Agora, a volta por cima. E sim, torcedor, você não só pode, mas como deve comemorar o título da Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, caso realmente ocorra. Quer saber o motivo? Simples. Por menor que seja o nível da competição, o suor dos jogadores, a paciência, os berros, as lágrimas e o sorriso dos torcedores, que enfrentaram filas e filas para assistir as partidas, debaixo de sol ou chuva, brigam com a mulher, com a família e com os amigos, tudo por um jogo de futebol, precisam ser valorizados.

Façam isso por Garrincha, Nilton Santos e Didi. Façam isso por todos grandes ídolos que honraram e ainda honram de alguma forma este clube. Façam isso pelas crianças, pelos novos torcedores. Façam isso por vocês e pelos milhões Brasil afora. Será o desabafo da comemoração que irá empurrar o clube para cima. E no fim, você, torcedor, poderá se orgulhar em dizer que viu um dos grandes momentos da história do seu time.

Comemore como se fosse ano novo.

Vasco

Invicto há nove jogos, mas sem vencer há quatro, o Vasco empatou em 0 a 0 com o terceiro colocado Grêmio, no domingo, no Maracanã e segue na lanterna. O cruzmaltino ainda pode escapar, mas precisa realizar jogos perfeitos e secar todos os concorrentes diretos na briga para deixar o Z-4. Vencendo o Palmeiras em SP, o time iguala ao Coritiba e vai a 33 pontos.

Entretanto, apesar de jogar bem, o que importa mesmo é bola na rede e não levar gols. Desde que os reforços vieram, Leandrão, Jorge Henrique e Nenê (principalmente), a equipe foi de 97% de chances de cair para uma situação completamente animadora. As oportunidades aparecem, mas sem postura, principal ingrediente para o sucesso de qualquer profissional, fica bem difícil.

Já que a luz no fim do túnel está visível, é preciso chegar a ela. Mesmo ameaçado por completo, ainda é possível evitar o terceiro rebaixamento em oito anos. Até porque, gigantes não são facilmente derrubados. E com o da Colina não será diferente.

Drama sem fim

Na próxima partida, o Flamengo visita o Grêmio em Porto Alegre, aumentando a dificuldade de redenção, o drama de vencer fora, e a expectativa de ainda ir para a competição mais importante da América do Sul. Não é impossível, mas precisa jogar um futebol digno dos times que estão brigando para participar do torneio.

E cá entre nós, torcedor, o tempo é curto, a equipe carioca não depende apenas de si e somente um milagre colocaria o time de Oswaldo de Oliveira entre os quatro melhores novamente. Em caso de vitória, compre o ingresso contra o Goiás imediatamente e apoie até o fim.

Mas em caso de derrota, se considere de férias e se contente com o meio da tabela. Reforços para a temporada 2016, que atuem sem sentir o peso do manto sagrado, serão muito bem vindos. Promover algumas demissões também.

Flu

Quem não faz, leva. Scarpa, Magno Alves, Cícero, entre outros, até tentaram, mas pararam na atuação de gala do goleiro Weverton, do Atlético-PR. Desanimado com a chuva de gols perdidos, o Fluminense, que dominou a partida durante todo o primeiro tempo, viu Walter decretar a magra vitória para ao furacão e reforçar a famosa frase de que “a lei do ex não falha’.

Filipe Cury é estudante de jornalismo e faz estágio no FOCO REGIONAL. Sua coluna é publicada sempre às terças e sextas-feiras

E-mail: filipecury93@gmail.com

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional